TOTVS, SAP, ORACLE, CIGAM? Saiba qual ERP é melhor para você!

Os grandes.

Há três empresas que dominam o mercado brasileiro. Em 2012, uma pesquisa divulgada pela FGV, indicava que 82% dos negócios no Brasil eram dominados por três fornecedores: Totvs, SAP e Oracle. Na média geral, a Totvs tinha 38% do mercado, seguida pela SAP (28%) e pela Oracle (16%). Todos eles representam uma boa opção de ERP, mas também são os mais caros. Além disso, por atenderem a tantas empresas, elas demoram mais que as pequenas para realizar o suporte em caso de problemas técnicos.

Adequação ao negócio.

Para escolher o software mais indicado ao ramo, defina previamente as necessidades, focos e prioridades da empresa. Identifique o real objetivo de implantar o novo sistema. Então compare os sistemas, priorizando os processos mais importantes para a empresa, não apenas o que requerem melhorias imediatas.

Envolvimento dos funcionários.

Envolva os principais usuários que serão os responsáveis pela implantação desde o início do processo, participando inclusive da escolha do sistema. 

Visite uma empresa que use o mesmo ERP.

Pode ser uma ótima forma de saber na prática quais os possíveis funis do sistema. Para isso,

Não cometa o erro mais grave.

ERP não é um produto barato. Nem poderia ser, afinal é através dele que a empresa funciona. Um simples erro e tudo para. Em caso de não haver um bom e rápido suporte, essa paralisação pode durar semanas. Por isso o preço do sistema não deve ser o principal fator no momento de escolha.

Também é comum que a corporação queira economizar tempo e dinheiro no treinamento dos colaboradores. Essa é uma falsa economia, pois pode sair muito caro. Treinamento é essencial porque até os melhores sistemas tendem a falhar se operados por pessoas não capacitadas.

Conheça a empresa a fundo.

A escolha de um ERP não pode ser feita às pressas. Deve ter um profundo estudo sobre o fornecedor, avaliando seu histórico online de atendimento (Reclame aqui e redes sociais), experiência no mercado  e o mais importante de tudo, como funciona o suporte técnico.

Confira um estudo que listou os 10 principais critério para a  escolha de um sistema ERP.

10 principais critérios para a escolha de
um Sistema ERP
Implantando
pela 2ª vez
Implantando
pela 1ª vez
Qualidade de suporte técnico do Fornecedor 1 8
Experiência, desempenho histórico do Fornecedor 2 10
Qualidade técnica do Sistema 3 4
Potencial de crescimento do Sistema (Fornecedor) 4 7
Preço do Sistema 5 1
Documentação do Sistema 6 9
Funcionalidade do Sistema 7 5
Facilidade operacional do Sistema 8 3
Facilidade de Implantação do Sistema 9 2
Aproveitamento do Hardware 10 6

Fonte:

 

Choosing an ERP System – So Many Things to Think About!”

Conclusão.

O melhor sistema é o que vai de encontro com as necessidades da sua empresa. Ou seja, o que você pode pagar e vai entregar o projeto no tempo necessário. O que você precisa controlar? Quais são os gargalos de sua empresa? Cada ERP tem sua especialidade e a decisão precisa ser baseada nisso. Preço e facilidade de instalação não devem ser priorizado em nenhum momento.

Fale com a tdf

Caso tenha o interesse em conhecer mais sobre nossos serviços ou sanar dúvidas que envolvam a nossa metodologia de aplicação, teremos enorme satisfação em te responder. Entre em contato agora mesmo: