eSocial para todas empresas: envio deve ser feito a partir de julho de 2018

Julho de 2018 é o prazo máximo de envio da primeira fase do eSocial para todas empresas, inclusive as optantes pelo Simples Nacional. A entrega envolve principalmente o RH, mas, de certa forma, afeta todos departamentos da organização. Descubra como se preparar e os prazos de todas as fases.

Para as empresas privadas que ainda não se preparam para o eSocial, apesar do prazo estar apertado, ainda dá tempo de se organizar e estar pronto para essa nova obrigação que exige uma série de informações relacionadas aos funcionários das organizações.

Vamos ver os principais pontos que os empresários e profissionais da área devem ficar atentos na hora de enviar as informações ao eSocial. Além disso, vale ressaltar que a TDF também pode ajudar você nesse momento. Entre em contato para saber mais.

Leia também: eSocial 2018: TDF se prepara para atender demanda do eSocial e ajudar empresas que usam ERP Protheus

Quem deve enviar o eSocial?

Como já explicado, a partir de julho de 2018 todas empresas devem enviar o eSocial. Incluindo as empresas privadas optantes pelo Simples, MEIs e pessoas físicas que possuam empregados.

Desde janeiro de 2018, o eSocial é obrigatório para as empresas que faturam mais de R$78 milhões. O prazo do eSocial para entidades públicas é janeiro de 2019.

eSocial para todas empresas

Quando totalmente implementado, eSocial reunirá informações de mais de 44 milhões de trabalhadores, de acordo com informações do governo.

O eSocial foi instituído pelo decreto 8.373 de 11 de dezembro de 2014. Ele tem como objetivo desenvolver um sistema de coleta de informações trabalhistas, previdenciárias e tributárias. Ou seja, será realizada a unificação em apenas uma plataforma do envio dos dados dos trabalhadores.

O eSocial 2018 para todas empresas, incluindo as optantes pelo Simples Nacional, está dividido em três etapas a partir de agora:

  • Julho de 2018: entrega de cadastros e tabelas do empregador;
  • Setembro de 2018: dados dos trabalhadores e seus vínculos com as empresas (eventos não periódicos);
  • Novembro de 2018: folha de pagamento e Reinf;

Entenda as principais fases do eSocial para todas empresas

A partir de julho de 2018, as informações enviados pelo eSocial são relativas principalmente ao cadastro das empresas no sistema. Além do envio de uma série de tabelas com dados sobre cargos, horários, entre outros.

Em setembro de 2018 o cuidado deve ser redobrado. É nessa fase onde as empresas devem enviar as informações sobre seus funcionários. Tudo deve estar correto para que não haja complicações, já que o eSocial realiza um cruzamento de dados.

Por exemplo, erros nessas informações impedirão que obrigações trabalhistas e previdenciárias sejam cumpridas mais à frente. O que, você deve saber, acarreta em multas e prejuízos para a empresa.

A partir de novembro de 2018, na terceira fase do eSocial para todas empresas, as organizações serão obrigadas a enviar a folha de pagamento por meio do sistema.

A substituição da GFIP (Guia de informações à Previdência Social) e compensação cruzada, além do envio dos dados de segurança e saúde do trabalhador, são a quarta e quinta fase, respectivamente. Ambas devem ser realizadas a partir de janeiro de 2019.

Dúvidas em relação ao eSocial?

Se você ainda ficou com alguma dúvida sobre o eSocial para todas empresas, pode entrar em contato com a TDF.  A TDF é um escritório contábil especializado no ERP Protheus que realiza o outsourcing Contábil, Fiscal e de Departamento Pessoal de empresas de diferentes portes e nichos de mercado. Além de estar apta a atender organizações de todas regiões do Brasil.

Possuimos um time de profissionais contábeis especializados nas mais diversas áreas e know how no ERP Protheus. Entre em contato agora mesmo e saiba como podemos ajudar sua empresa a se preparar para o eSocial 2018.

Postado em: